07 March 2015 @ 08:14 pm
Análise da música Homem da banda Lupe de Lupe  
Eu queria me dar de presente essa análise.

Lupe de Lupe é dessas bandas denominadas "a salvação do rock brasileiro", o que eu acho uma besteira porque o rock não precisa ser salvo, o rock precisa é de baixezas e muquifos abarrotados de jovens (ou não) que estejam fugindo da plasticidade cultural. O Lupe de Lupe nutre o rock porque eles vão exatamente contra a plasticidade de qualquer coisa. Assim a banda se define na carta-realise que vem junto com o álbum mais recente, Quarup:

"Lupe de Lupe, 4 moleques do interior de Minas Gerais, 4 compositores unidos apenas pela coragem e pelo risco. Nunca fomos bons compositores, nem bons cantores, nem bons instrumentistas. Nem nunca conseguimos acompanhar as inovações tecnológicas de equipamentos e som, ou mesmo as novas tendências musicais brasileiras. Nossa forma idiossincrática, arrogante, tosca, contraditória, pretensiosa, atrevida e antropofágica de ser e fazer nossas músicas acabou virando nosso estilo."


Quarup é certamente um dos grandes álbuns indie brasileiros, mas a música que eu quero analisar está no EP Distância, não menos interessante que o seu sucessor.

Read more... )